IT Forum 365

SYNERGY: novo conceito em tecnologia

O ambiente tradicional de tecnologia tem sido ultimamente desafiado para atender as demandas das aplicações criadas no mundo da Economia das Ideias, que tem como princípio básico a agilidade. Ao mesmo tempo em que TI tem que se adaptar a essa nova realidade – com aplicações prontas para a nuvem, mobilidade, big data, onde a velocidade de mudanças é a palavra-chave –, precisa também suportar aquilo que é tradicional, como por exemplo as aplicações “core” de negócio (ERP, Banco de dados OLTP / OLAP) em que desempenho e disponibilidade são fundamentais.

Alguns analistas de mercado sugerem que os clientes disponham de ambientes de TI distintos para atender a esses dois mundos: o das aplicações da economia digital e o das aplicações tradicionais. Por outro lado, os clientes têm desafios de otimização de orçamento de TI, sendo impraticável esse mundo ideal de separação para atendimento de cada uma dessas necessidades. Então, fica o questionamento: como os clientes podem equilibrar recursos e orçamento de forma a manter a operacionalidade dos sistemas “core” da empresa e, ao mesmo tempo, criar valor para integrar as novas tecnologias necessárias de forma a manter o crescimento e a competitividade do negócio? A partir deste desafio, a Hewlett Packard Enterprise apresentou para o mercado o conceito de Composable Infrastructure, uma nova categoria de soluções criada para atender aos dois mundos, idealizada com base em três princípios básicos:

• Fluid Resource Pools – É uma infraestrutura unificada que está pronta para atender a demanda de qualquer tipo de aplicação através de recursos fluidos de computação, de armazenamento e de interconexão e que podem ser instantaneamente habilitados e movimentados entre as aplicações.

• Inteligência Definida por Software – Na prática, significa incorporar Inteligência na infraestrutura através de templates de cargas de trabalho e usá-los para definir como compor ou recompor a infraestrutura “on-the-fly” de uma forma repetitiva e sem muito esforço.

• API Unificada – Provê uma interface unificada de programação para descobrir, procurar, configurar, provisionar, atualizar e diagnosticar a infraestrutura de TI. Uma linha única de código permite a programação completa da infraestrutura. Composable Infrastructure permite ainda que o ambiente de TI opere como um provedor de nuvem para as linhas de negócio, maximizando velocidade e eficiência para atendimento das demandas das aplicações da economia digital e também entregue, de maneira consistente, os SLAs, sejam de desempenho ou de disponibilidade, para as aplicações “core” do negócio da empresa. A solução da Hewlett Packard Enterprise que entrega o conceito de Composable Infrastructure é o HPE Synergy. Ele oferece o poder que o ambiente de TI precisa para criar e entregar valor de forma instantânea e contínua e suporta as necessidades das aplicações “core” e das aplicações feitas para a economia digital. Através de uma interface unificada, o HPE Synergy consegue criar uma composição de elementos físicos e virtuais de computação, de armazenamento e de interconexão para qualquer configuração de qualquer aplicação, sejam elas virtualizadas, tradicionais, na nuvem ou de DevOps. Com HPE Synergy, TI se torna não apenas um provedor interno de serviços, mas o parceiro de negócios que acompanha a sua velocidade.

O HPE Synergy é composto dos seguintes elementos:

• Composable Frame – O HPE Synergy 12000 Frame é a base da solução Synergy e incorpora todos os elementos de computação, de armazenamento, de interconexão e de gestão da solução.

• Composer – Entrega o conceito de Inteligência definido por software para descoberta e integração dos elementos da solução em uma escala de gestão de vários frames.

• Composable Compute – Disponibiliza o desempenho, a escalabilidade, a densidade e a flexibilidade necessárias para rodar todas as suas aplicações.

• Composable Storage – Entrega alta densidade de armazenamento integrado para composição com qualquer elemento computacional da solução.

• Composable Fabric – Permite interconexão na escala de racks que elimina a necessidade de switches Topo de Rack (ToR).

Como funciona?

Primeiro, o HPE Synergy descobre todos os elementos da solução (computação, armazenamento e interconexão) e os disponibiliza como recursos compartilhados. Depois, ele apresenta um catálogo contendo templates de cargas de trabalho (previamente carregados), que contém tudo o que você precisa para implementar a sua infraestrutura. Vamos usar um exemplo de um cliente que necessita disponibilizar uma aplicação usando uma ferramenta open source como docker. Dentro do catálogo criado, existe um template específico para aplicações usando docker que é selecionado. A partir desse ponto, inicia-se a alocação dos componentes computacionais, de armazenamento e de interconexão para atender a demanda dessa aplicação. Se houver necessidade de mais recursos computacionais ou mais armazenamento, o Synergy realiza essa alocação de maneira independente entre eles (algumas soluções de mercado exigem que se aumente proporcionalmente ambos os elementos quando apenas o incremento de um deles é necessário). Quando a aplicação não for mais utilizada, esses recursos retornam ao conjunto de elementos compartilhados que podem ser alocados para outra carga de trabalho. Isso é realizado de maneira automática, sem afetar a operação das demais aplicações. Se houver necessidade de alocar recursos para uma aplicação tradicional, como um banco de dados ou um ERP, o Synergy pode compor recursos compartilhados de forma a integrar o desempenho requerido com a mais alta disponibilidade dentro do frame, com base no que está definido no template dessa aplicação.

O provisionamento de infraestrutura é também um diferencial do Synergy. Em um ambiente tradicional, a disponibilização de um ambiente para atender uma demanda de aplicação é um processo sequencial que demanda tempo e esforço da equipe de TI: provisionamento físico do servidor, provisionamento de sistema operacional, instalação de hypervisor, entre outras etapas. Com o uso do Image Streamer do Synergy, esse processo é feito em questão de segundos. O Image Streamer cria um repositório de imagens de sistema operacional que pode ser usado para inicializar um servidor e que pode ser transmitido para vários nós computacionais em questão de segundos.

O HPE Synergy aumenta também a produtividade e o controle no data center por meio da integração e da automação da operação de infraestrutura e aplicações com o uso de uma API (Application Programming Interface, ou Interface de Programação de Aplicações) unificada. Com isso, é possível buscar, encontrar, procurar, configurar, provisionar, atualizar e diagnosticar os componentes do Composable Infrastructure. Uma linha única de programação é capaz de provisionar a infraestrutura requerida por uma aplicação, dando agilidade a esse processo que em implementações tradicionais toma tempo. Para a nova geração de aplicações com DevOps, essa API unificada agrega recursos físicos da mesma maneira que recursos virtuais ou em uma nuvem pública, de forma que os desenvolvedores conseguem programar sem a necessidade de entender o detalhe dos elementos físicos da solução. Por exemplo, o desenvolvedor pode usar a seguinte linha de código para provisionar um perfil de servidor TesteERP utilizando um template ERP1: HPEOVServerProfile – name TesteERP – template ERP1. Isso entrega mais agilidade, facilidade na programação e integração única dos elementos de hardware com os de software. Essa integração pode ser feita com ferramentas open source, tais como Chef, DockerTM, OpenStack, e também com diversas ferramentas de gerenciamento que são bastante utilizadas, como Microsoft System Center®, Red hat® e VMware vCenter.

O HPE Synergy é, por fim, um novo conceito de solução que permite a execução de qualquer tipo de aplicação, seja ela tradicional ou feita para o mundo da Economia das Ideias, atendendo aos seus requerimentos de disponibilidade, desempenho e agilidade. É a materialização do conceito de Composable Infrastructure introduzido pela Hewlett Packard Enterprise no mercado e faz parte da jornada que tem como objetivo a introdução da revolucionária tecnologia do The Machine no futuro.

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2017 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.