IT Forum 365
CAO e CDO

Com a transformação digital, CDO e CAO ganham força

Especializados na análise, utilização e compartilhamento de dados, executivos auxiliam a gerar receita digital e a aperfeiçoar os processos; uso adequado das informações pode determinar o sucesso da digitalização

Com o aumento do volume de dados, reflexo do uso de tecnologias como Internet das Coisas (Internet of Things, ou IoT) e Inteligência Artificial, as empresas precisam reinventar cargos, funções e tarefas. É o que aponta estudos feitos pelo Gartner. Segundo a consultoria, a digitalização exige um novo perfil de executivos de dados. Ganha força o Chief Data Officer (CDO) e o Chief Analytics Officer (CAO), líderes de TI com foco em Big Data e Analytics.

Isso porque, a capacidade de análise, utilização e compartilhamento adequado das informações podem determinar o sucesso (ou fracasso) da transformação digital. O cenário é reflexo do crescimento de tecnologias avançadas de analytics, como análises preditiva e prescritiva, softwares de gerenciamento para decisões e máquinas inteligentes.

“As companhias estão despertando para o fato de que o dado é um de seus mais importantes ativos”, diz Celso Poderoso, coordenador dos cursos de MBA em Big Data da Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap).

Segundo ele, contar com profissionais que saibam lidar, de maneira adequada, com a grande massa de dados gerada atualmente, é crucial para aperfeiçoar os resultados. Ele ressalta que a atuação dos profissionais é colaborativa:

CDO

É responsável por todos os dados corporativos da empresa, sejam transacionais, dimensionais, estruturados ou não-estruturados. Além disso, deve lidar com o Master Data Management (MDM), que permite gerenciar toda a base de dispositivos móveis inteligentes.  Além disso, é ele que traz as novidades em termos de tecnologias aplicadas a todo o processo de utilização de informações.

CAO

Voltado aos dados relacionados à tomada de decisões e se reporta diretamente ao diretor executivo. Sua principal função é auxiliar na mudança cultural, mostrando o valor dos dados para produzir resultados. Isso inclui os tradicionais Data Warehouses, que organizam informações por meio de relatórios e históricos de uso e o Big Data.

O movimento ressalta a importância do uso estratégico de Big Data & Analytics para atingir receita digital, resultados mais eficientes e efetivos dos processos corporativos e  insights para a  tomada de decisão mais assertiva.  Juntos – CDO e CAO -, de acordo com análises do Gartner, têm o objetivo de explorar a análise de dados para gerar receita digital e oferecer suporte às melhorias operacionais para TI, marketing, gerenciamento de riscos, compliance, produção e finanças.

Saiba mais:
Memory-Driven Computing: a nova revolução dos dados
Dados blindados: 6 pilares de uma estratégia eficaz de segurança da informação
“Não é uma nova marca, é uma nova era para a companhia”, diz CEO da HPE

 

Imagem: Depositphotos

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2017 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.