IT Forum 365
Analytics

Para ter sucesso com analytics, CEO e CIO devem trabalhar juntos

Transformar a cultura organizacional e democratizar o acesso aos dados são os primeiro passos na adoção da tecnologia

Em meio à transformação digital, lidar com um grande volume de informações e fazer uma análise eficiente dos dados são determinantes para o sucesso da empresa. Para isso, segundo a McKinsey, os CEOs precisam estar à frente das estratégias de analytics para acelerar processos de inovação corporativa e garantir a alocação inteligente dos investimentos. A pesquisa, realizada com mais de 300 executivos, aponta que mais de 50% dos CEOs se considera a principal liderança de analytics em suas corporações.

“As empresas estão caminhando rumo às novas tecnologias e estratégias. Assim, o CIO precisa, ao lado do CEO, estar à frente das disrupções, trabalhando em conjunto”, ressalta o consultor Cezar Taurion, sócio e head de transformação digital da Kick Ventures. Segundo ele, como a transformação digital não se trata apenas de digitalizar processos, mas de estar em constante mudança e inovação, não deve existir o CIO e o CEO separados. “Eles devem, juntos, liderar os processos e elaborar as estratégias digitais da empresa. Veja a seguir, as melhores práticas para avançar na adoção de analytics, de acordo com pesquisa da McKinsey.

1. Acompanhe outras empresas

O primeiro passo para adotar uma análise eficiente de dados, é avaliar o que outras companhias  estão fazendo para entender qual a melhor forma de satisfazer as necessidades de seus clientes. “Isso porque, tudo está interligado. O cliente que usa um plano de saúde, por exemplo, é o mesmo que compra a passagem em um aplicativo. Assim, observar o que as companhias em geral estão fazendo é uma boa aposta”, ressalta Taurion. É essencial, ainda, avaliar o modelo de negócio da empresa e qual a melhor forma de transformá-lo.

2. Transforme a cultura organizacional

Os colaboradores somente irão aderir às mudanças quando se sentirem parte delas. Por isso, é importante, adaptar a cultura organizacional da empresa e engajar toda a equipe. “O engajamento só começa quando há um sentimento de pertencimento. A companhia precisa entender que os colaboradores são os principais ativos, criando uma política que incentive uma cultura de dados e que transforme a organização em um local agradável para trabalhar e voltado à inovação”, ressalta Taurion.

3. Mantenha a infraestrutura certa

Avaliar os processos e como são tomadas as decisões – se são centralizadas ou espalhadas nas unidades de negócios – ajuda a identificar a infraestrutura correta para alavancar na análise de dados. “Hoje em dia, a nuvem é a principal aliada – tanto as públicas quanto privadas. Ter um bom provedor é essencial para o sucesso do projeto”, diz Taurion.

4. Democratize o acesso aos dados

Criar plataformas de apoio, como portais de autoatendimento, permite que a equipe extraia as informações com mais facilidade, tire dúvidas e consiga fazer um bom trabalho. Mas, acima de tudo, os funcionários precisam entender que a responsabilidade pelas informações é de toda a empresa, não apenas de algumas áreas.

5. Use e valorize as métricas

Disponibilizar um painel com indicadores e feeds sobre o que acontece com os dados da empresa ajuda a equipe a acompanhar o desenvolvimento dos processos. Para aproveitar ao máximo as métricas, promova cursos e treinamentos para que os colaboradores aprendam a analisá-las e entendam a importância dessas ferramentas para o negócio.

Saiba mais:
Transformação digital: 3 pilares cruciais para uma estratégia bem-sucedida
Cloud híbrida: 3 passos para montar uma estratégia eficaz
Transformação digital exige um novo perfil de CIO

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2017 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.