IT Forum 365
CIO estratégico

3 sinais de que o CIO não é estratégico para o negócio

Foco apenas no operacional e falta de alinhamento com as área de negócio são dois deles; líder de TI precisa conduzir a transformação digital

A transformação digital é um caminho sem volta e as companhias que não se adaptarem podem perder mercado. Segundo o estudo Global Center for Digital Transformation, da escola de negócios suíça IMD, cerca de 30% dos executivos entrevistados  teme que seus setores passem por uma completa modificação  nos próximos cinco anos. A pesquisa mostra, ainda, que cerca de 40% das empresas analisadas podem desaparecer nesse período.

Diante disso, o CIO precisa ter um papel estratégico dentro das organizações, assumindo uma postura de líder do processo e atuando como um consultor das outras áreas de negócio. “O que acontece, hoje, é que o assunto transformação digital é muito discutido, mas ainda pouco explorado pelos líderes de TI. Muitos não sabem direito o papel de um CIO e como, de fato, digitalizar a empresa”, ressalta Eduardo Endo, diretor acadêmico dos cursos de MBA da Faculdade de Informática e Administração Paulista (Fiap).

Veja, a seguir,  três sinais de que o CIO não está sendo estratégico:

1. Falta de alinhamento com as outras áreas

Antigamente, o papel da TI nas empresas era executar os projetos que as áreas de negócios elaboravam. “Essas áreas criavam os projetos, entendiam as necessidades de automação, melhoria de processos e agilidade, e passavam tudo isso para a área de TI transformar em sistemas e soluções”, explica Endo. Nos últimos anos, as necessidades das empresas mudaram, e o CIO passou a ser também um consultor, não apenas executor.

“A TI passa a ter responsabilidade junto com os outros setores  para criar soluções digitais. O grande problema é que, muitas vezes, essas áreas não trabalham em conjunto”, completa. Diante disso, a parceria entre clientes, área de produtos e TI é essencial para que as soluções digitais possam aparecer.

2. Desatualização tecnológica

“O CIO, muitas vezes, está com a agenda cheia e falta o tempo para se atualizar e estar por dentro das tendências. Ele acaba focando apenas no que precisa cumprir no dia e esquece da inovação, digitalização e nos diferenciais que pode trazer para a empresa”, diz Endo. Por isso, buscar atualizações por meio de cursos online, presenciais, canais digitais, vídeos ou treinamentos na empresa é fundamental.

3. Foco apenas no operacional  

O líder de TI só assumirá um papel estratégico na companhia quando fortalecer a estratégia e a gestão de pessoas. “Ele só cresce se deixar o operacional de lado, focando na inovação. Precisa entender que ele mudou, que está em outro patamar, e que outras pessoas podem cuidar da parte de operação”, ressalta Endo.

Saiba mais:
Transformação digital: 3 pilares cruciais para uma estratégia bem-sucedida
Transformação digital exige um novo perfil de CIO
Cloud híbrida: 3 passos para montar uma estratégia eficaz

 

Comentários

Notícias Relacionadas

IT Mídia S.A.

Copyright 2017 IT Mídia S.A. Todos os direitos reservados.